Marcos Ramon Info

2015 começando

O ano começa e logo vem o pensamento sobre o que deve ser feito e em que prazo, de que forma etc.

Eu fico sempre tentado a criar listas e estabelecer prioridades, mesmo tendo certeza de que não vou me policiar o suficiente pra cumprir a maior parte das coisas. Então por que não começar o ano com todas as metas já atingidas?

2015, por Marcos Ramon

Assim o ano fica livre pra eu seguir descobrindo coisas que esqueci de fazer, caminhos novos pra errar e centenas de maneiras de não perder a vontade de qualquer coisa. O não programado é sempre melhor que o ordenado simplesmente porque nos traz a sensação de estarmos sempre descobrindo coisas novas.

Um exemplo: agorinha começou a chover e meu filho olhou pra minha esposa e disse: “Mãe, vamos banhar na chuva?” Como dizer não?

Marcos Ramon

Marcos Ramon

Professor no Instituto Federal de Brasília, pesquisando ensino, estética e cibercultura. Lattes | ORCID | Arquivo
comments powered by Disqus