Nenhuma estima

menos que 1 minuto(s) de leitura

Às vezes eu sinto que nasci pra falhar. Não em tudo, claro. Porque todo mundo é bom em alguma coisa, ainda que nunca descubra os talentos que possui. Mas eu nasci pra falhar naquilo que é simples, naquilo que parece óbvio e impossível de errar.

Eu tenho um jeito de ser avoado que, se não incomoda suficientemente aos outros, me incomoda porque eu queria ser mais simples, mais capaz de fazer coisas que a maioria das pessoas sabe fazer sem muito esforço.

Eu sei errar o que parece óbvio e, não, isso não é um dom, mas sim uma sina miserável que me incomoda e me faz pensar em mim mesmo como um lixo humano. Mas eu digo pra mim mesmo que isso eu não sou. Todos os dias eu tento me convencer de que aquilo eu não sou.

Deixe um comentário