Alerta de spoilers

1 minuto(s) de leitura

A ideia de ser surpreendido com o final de uma história que você ainda está lendo ou com a descrição de uma cena incrível de um filme que você ainda não assistiu não é nova. Isso sempre aconteceu de alguma forma, nos clubes de livro, nas filas de cinema, em críticas mal escritas das revistas. Contudo, nada se compara com o poder do spoiler na internet. Falar para os outros o que eles ainda não sabem (e não gostariam de saber até o fim) é algo tentador e, às vezes, até natural para quem cresce em um ambiente em que as formas de entretenimento estão tão misturadas.

O meu filho geralmente vê gameplays dos jogos que ainda vai jogar e não se importa nem um pouco com isso. Também vê no Youtube vídeos com análises e comentários de cenas e desenhos animados que ele ainda vai assistir — e de algumas coisas que ele descobre que não tem tanto interesse assim.

Foi assim, aliás, que ele me deu um spoiler de It, a Coisa, do Stephen King. Ele não está lendo o livro e nem tem interesse em assistir ao filme. Eu, por outro lado, não quero ver o filme mas estou lendo o livro. E vou conversando com ele sobre as coisas que leio, o avanço da história etc. Daí, o engraçadinho assistiu a um vídeo de alguém falando sobre It, e me mandou uma informação sobre a história que eu nem imaginava. Depois de ler 60% de um livro que na versão impressa tem mais de mil páginas, pegar um spoiler, por menor que seja, é terrível, pelo menos pra mim. Sei que ele não fez por mal, mas fiz o quadrinho abaixo brincando com a situação (a resolução está ruim, mas é que o meu scanner não é nada bom).

Se você já leu o It, não vai querer ler ou não liga pra spoilers, então dê uma olhada no quadrinho. Caso contrário, fuja o quanto antes.

Deixe um comentário