A tecnologia afasta

1 minuto(s) de leitura

Vendo a imagem a seguir pensei na afirmação recorrente de que a tecnologia atual nos afasta. Acredito que essa afirmação não considera a questão mais importante nesse possível afastamento (além do fato de se entender a tecnologia como algo que aparentemente não é fruto de trabalho humano): quem quer se afastar de quem?

Não é a internet ou os computadores ou celulares que isolam as pessoas, fazendo com que elas deixem de olhar umas para as outras dentro do ônibus. São as pessoas que não querem ter mais contato do que o necessário com outras pessoas e, ainda bem, encontram um meio tranquilo de fazer isso por meio de qualquer coisa que as distraia. Imagine quanta violência foi evitada só porque alguém tinha um joguinho de game boy pra suportar uma longa viagem de metrô ou uma história em quadrinho pra ler durante uma fila gigante num banco? Quem pode recriminar essas pessoas?

É praticamente impossível sentir amor por todas as pessoas do mundo em qualquer instância; quanto mais o tempo todo. Mas isso não quer dizer também que a humanidade se alimente do ódio ou da ojeriza. O que acontece é que às vezes você só quer se fechar em uma bolha momentânea que te proteja da chatice alheia até você conseguir finalizar o que precisa fazer. E quando essa bolha envolve interação com outras pessoas (smartphone + conexão com a internet = um tipo de vivência social), acredito que a gente só tem vantagens e benefícios pra sociedade como um todo.

Quando os livros começaram a se popularizar, provavelmente muita gente devia dizer que era o fim da vida em comunidade e que, por isso, as pessoas iam se trancar em suas casas com aquelas leituras deixando de viver a vida “real”. Mas a verdade é que nem o mundo ou as sociedades foram destruídas e nem as pessoas se tornaram menos afeitas ao contato com as outras (quer dizer, talvez só um pouquinho mais do que eram anteriormente).

É provável que um dia a gente deixe de se lamentar afirmando que a internet e os smartphones são a desgraça da vida social. Mas isso só ocorrerá porque já teremos outras coisas desse tipo pra reclamar. Afinal de contas, você sabe, a tecnologia afasta.

Deixe um comentário